sábado, 24 de junho de 2017

Figuras de Tintin #33: Girassol de patins

Girassol está disposto a todos os sacrifícios para nos surpreender. Depois da casa-armário, do submarino em forma de tubarão, da máquina para escovar roupa ou do foguete lunar, concebeu um meio de locomoção revolucionário para gente com pressas: os patins motorizados, uma criação que lhe daria, sem dúvidas, o direito ao Prémio Nobel para a a invenção mais fantasiosa e descabida da história dos transportes. Afinal, não seria tão descabida nos dias de hoje, já que temos os já famosos hoverboards.

A referência da figura desta 35ª entrega (volume 33 da colecção) encontra-se na aventura "Carvão no porão", prancha 61, vinheta 81.

Figuras de Tintin #33: Girassol de patins, Moulinsart, distribuído em Portugal pela Altaya, livro de 16 pp. + estatueta + passaporte, 12,99€



domingo, 4 de junho de 2017

Figuras de Tintin #52 - O Professor Calys triunfal

Hipólito Calys representa o arquétipo do cientista distraído antes de Girassol ocupar esse papel... Calys tem um nome antiquado que logo de início anuncia, como se tratasse de um brasão de  armas, o seu distanciamento permanente da realidade. Calys, "chiché" em bruxelense, significa "regaliz" ou "alcaçus", não é um cientista louco, como desgraçadamente acontece ao seu antigo colega Filipulus. O cientista Hipólito estreou-se nas aventuras de Tintin em "A Estrela Misteriosa", pedindo a Tintin que o ajude a organizar a expedição em busca do aerólito que caiu na Terra junto à Antártida. De forma surpreendente, a personagem de Calys não sobreviveu à narrativa de "A Estrela Misteriosa", sendo "substituído" mais tarde pela personagem do Girassol.

A referência da figura desta entrega encontra-se na vinheta C1 da prancha 11 do episódio "A Estrela Misteriosa". 

Figuras de Tintin #52 - O Professor Calys triunfal, Moulinsart, distribuição em Portugal pela Altaya, livro de 16 pp.+passaporte+estatueta, 12,99€



sábado, 27 de maio de 2017

Figuras Tintin #32: O general Alcazar

Nesta estatueta, Alcazar adopta o uniforme militar típico dos guerrilheiros, conservando o seu temperamento fogoso e o seu carácter colérico. Alcazar, líder dos pícaros, irrita-se e zanga-se, injuriando sem cerimónia os seus soldados bêbados, ameaçando de morte quem ousar desafiá-lo. No entanto, sempre que aparece a sua doce "pombinha", a sua Peggy de papelotes, o impetuoso general transforma-se em "Zazar", manso como um cordeiro e dócil como um cachorrinho para agradar à sua amada. Alcazar estreou-se nas aventuras de Tintin em "A orelha quebrada", passando pelas "As sete bolas de cristal" e "Carvão no porão" e, finalmente, na última aventura terminada desenhada por Hergé, "Tintin e os Pícaros".

A referência da figura encontra-se na vinheta C1 da prancha 40 de "Tintin e os Pícaros".

Figuras Tintin #32: O general Alcazar, Moulinsart, distribuído pela Altaya, estatueta+livro de 16 pp.+passaporte, 12,99€


sexta-feira, 5 de maio de 2017

Figuras de Tintin #31: Dupont banhista

Quase idênticos em quaisquer circunstâncias, desajeitados até ao limite, campeões da incompetência e da insensatez, Dupond e Dupont estão dispostos a qualquer sacrifício quando se tratam de ser ridículos. A figura desta entrega mostra-nos no deserto de Khemed na aventura "Tintin no país do ouro negro", descobrindo o misterioso fenómeno das miragens, que os fará perder o norte. Confundindo ilusão com realidade, enfiaram uns fatos de banhos às riscas vermelhas e brancas bastante favorecedores para se atirarem alegremente ao lago imaginário que apareceu por milagre à frente dos seus olhos pasmados...

A referência da figura é a vinheta D1 da prancha 20 de "Tintin no país do ouro negro".

Figuras de Tintin #31: Dupont banhista, Moulinsart distribuída pela Altaya, estatueta + livro de 16 pp. + passaporte, 12,99€


terça-feira, 2 de maio de 2017

Fanzine Quadrinhos #4 - Maio de 1973 - Edição de Vasco Granja


O desenho de Tintin e Milou impresso na capa do presente número de "Quadrinhos" foi expressamente executado por Hergé como homenagem aos seus numerosos admiradores portugueses. (in Sítio dos Fanzines de Banda Desenhada)

sábado, 22 de abril de 2017

Figuras de Tintin #54: O senhor Sanzot ao telefone

Dando um pulo na sequência numérica da colecção, foi posto à venda o número 54 que retrata o talhante Sanzot da vila de Moulinsart

Com um apelido que lhe assenta como uma luva, já que na fonética francesa soa como "desossado", o senhor Sanzot é a encarnação do comerciante típico. Talhante "diplomado" e orgulhoso de o ser, mostra em todas as circunstâncias uma cortesia tão convencional e polida como o seu eterno avental. Sempre de ponto em branco, impecável e circunspecto, é a antítese de barafunda e inquietação que muitas vezes reinam em Moulinsart. Músico por acrescento, dirige com grandiosidade a banda filarmónica de Moulinsart.

O senhor Sanzot aparece em três aventuras de Tintin: "O caso Girassol", "As jóias de Castafiore" e "Tintin e os Pícaros".

A referência da estatueta entregue é a vinheta B1 da prancha 5 do episódio "As jóias de Castafiore".

Figuras de Tintin #54: O senhor Sanzot ao telefone, Moulinsart, livro de 16 pp + passaporte + estatueta, distribuído pela Altaya, 12,99€

terça-feira, 11 de abril de 2017

Figuras de Tintin #30: Tintin cowboy

Ao longo do tempo, Tintin nunca hesitou em vestir todo o tipo de indumentárias, muitas vezes até por necessidade. Na terceira aventura do herói com cenário nos Estados Unidos da América, Tintin traja de cowboy, uma nota de excelência conseguida graças à combinação do lenço vermelho e da camisa azul aos quadrados. Muito reservado no que respeita à sua imagem, Tintin escolhe umas calças grossas típicas dos vaqueiros que lhe protegem as pernas. Também não esquece outros acessórios indispensáveis como o revólver, o laço e as botas.

A referência da figura está vinheta A3 da prancha 18 do episódio "Tintin na América".

Figuras de Tintin #30: Tintin cowboy, Moulinsart, distrobuição da Altaya, livro + estatueta + passaporte, 12,99€


sábado, 25 de março de 2017

Figuras de Tintin #29 - Raio Abençoado monge tibetano

Nesta imagem, Raio Abençoado aproxima-se de Tintin para lhe entregar o cachecol de Tchang esquecido no mosteiro de Khor-Biyong. No mesmo instante, o monge detém-se adoptando uma postura estranha, como se estivesse alheio do mundo que o rodeia e surdo aos agradecimentos de Tintin. Tem nas mãos o famoso cachecol amarelo, o vínculo de união entre Tintin e o seu amigo chinês que desapareceu nas montanhas do Tibete. 

A referência desta figura é da vinheta C2 da prancha 50 do episódio "Tintin no Tibete".

Figuras de Tintin #29 - Raio Abençoado monge tibetano, livro de 16 pp. + estatueta + passaporte, Moulinsart, 12,99€