quinta-feira, 26 de maio de 2016

Primeira obra de Tintim a cores, «Tintin au Congo», de 1948, vai a leilão

A Catawiki (www.catawiki.pt), a maior plataforma de leilões online da Europa, está a leiloar um exemplar das histórias de Tintin, a mais famosa personagem de banda desenhada - «Tintin au Congo», datada de 1948 e no valor estimado de 60 mil euros.

Trata-se de uma cópia conhecida universal (avant la lettre), por não incluir qualquer texto na capa exterior ou nos balões de discurso ao longo da história, para utilização em pré-vendas no estrangeiro.

Segundo Jacques Pels, leiloeiro e especialista em banda desenhada, este é um leilão muito especial: «É um exemplar do final dos anos 1940 utilizado por um representante da editora Casterman para a pré-venda no exterior. A peça não tem título na capa nem nenhum texto nos balões de fala, sendo também o primeiro exemplar de Tintin publicado a cores. Em todo o mundo existem apenas sete cópias deste álbum sem texto, sendo assim uma das mais raras e valiosas peças de Tintin existentes. Esta peça integra um leilão exclusivo de banda desenhada com um conjunto de artigos avaliados em mais de 300 mil euros.»
 
Das sete cópias existentes, esta é a que se encontra em melhor estado de conservação. Estima-se que esta peça possa ser vendida entre 50 e 60 mil euros. O ano passado, a Catawiki leiloou uma edição do primeiro álbum de Tintin, «Tintin au pays des sovietes», autografada pelo cartoonista Hergé, de 1930, no valor de 30 mil euros. O valor das obras mais raras e antigas de Tintin tem crescido exponencialmente ao longo dos anos.

in Diário Digital