sábado, 21 de maio de 2016

Tintin volta a leilão com venda de 180 peças em Paris


A personagem de banda desenhada Tintin volta esta terça-feira aos leilões parisienses com a venda de 180 peças, depois de duas pranchas duplas do autor Hergé terem rendido mais de um milhão de euros em abril.

Desenhos originais, nas cores originais, álbuns assinados, cartazes, serigrafias, as 180 peças serão vendidas pela casa Piasa em parceria com a Moulinsart SA, a sociedade belga responsável pela exploração comercial da obra de Hergé, pseudónimo do desenhador e cartoonista belga Georges Prosper Remi.

Entre as raridades à venda, encontra-se um postal desenhado por Hergé por altura do nascimento – no dia do seu próprio aniversário – do filho de um amigo. “Para Phillippe: Hip! Hip! Hip! Hurra! “, escreve Hergé na carta postal, onde desenha Tintin, o capitão Haddock, a dupla Dupond e um mais raro professor Tournesol. O valor do postal é estimado entre 20 e 30 mil euros.

Uma maquete da capa do “Tesouro de Rackam, o terrível”, trabalho de Hergé e dos seus colaboradores, e o respetivo ensaio de prova da tipografia têm preços estimados entre os 30 mil e os 40 mil euros.

A casa de leilões vai ainda oferecer aos colecionadores e investidores o original “Tintin e os seus amigos nos anjinhos”, um desenho a tinta-da-china dedicado a um amigo e assinado pelo casal “Hergé e Hergé”, com um valor estimado entre os 18 e os 22 mil euros.

Constam ainda do catálogo um álbum de “Tintin no Tibete”, de 1960, dedicado por Hergé a Francis Bayle, filho do conceituado alpinista francês Emile Bayle, assim como edições originais de “Tintin no País dos Sovietes”, “Tintin na América”, de 1932, o protótipo de 1968 de “Voo 714 para Sydney” ou “As aventuras de Tintin no Congo”, de 1931.

Uma prancha dupla d’”O Cetro de Ottokar” vendida pelo cantor Renaud e representando os irmãos Dupond a cair à água e a descer de um hidroavião foi adjudicada no final de abril por 1,046 milhões de euros num leilão organizado pela Artcurial.

Em outubro último, uma prancha dupla do mesmo álbum, com a tentativa de fuga de Tintin a bordo de um avião de caça, foi vendida pela Sotheby’s em Paris por mais de 1,5 milhões de euros.

In Observador