segunda-feira, 27 de junho de 2011

Editora Record


A editora brasileira Record, com sede no Rio de Janeiro, foi a segunda editora, a seguir à Flamboyant, a publicar as aventuras de Tintin. Corria a década de 70 do século XX. As primeiras edições foram cartonadas, com lombada de tecido e, posteriormente, com lombada de cartão. Mais tarde, as edições são em capa mole, havendo uma edição numerada.
Paralelamente, a Record publicou Álbuns de Colorir Tintim (duas séries com quatro volumes cada), dois livros de jogos («Diversões de Tintim na Sildávia» e «Diversões de Tintim em Moulinsart») e dois álbuns de Tintim no cinema («Tintim e as laranjas azuis» e «Tintim e o mistério do tosão de ouro».

A edição numerada tem a seguinte cronologia:

#1 - A estrela misteriosa (CT/B/B#)
#2 - O cetro de Ottokar (B/B#)
#3 - Tintim na América (B/B#)
#4 - A ilha negra (versão de 1942 -CT/B/B#)
#5 - As 7 bolas de cristal (CT/B/B#)
#6 - O templo do sol (CT/B/B#)
#7 - Tintim na África (B/B#)
#8 - Tintim e o lago dos tubarões (B/B#)
#9 - O segredo do Licorne (CC/B/B#)
#10 - O tesouro de Rackham, o Terrível (B/B#)
#11 - Tintim e as laranjas azuis (B/B#)
#12 - Tintim e o mistério do tosão de ouro (B/B#)
#13 - Rumo à Lua (CC/B/B#)
#14 - Explorando a Lua (CT/CC/B/B#)
#15 - Tintim no Tibete (CC/B/B#)
#16 - Os charutos do faraó (B/B#)
#17 - Perdidos no mar (CC/B/B#)
#18 - Vôo 714 para Sidnei (CC)
#19 - Tintim e os tímpanos
#20 - As jóias de Castafiore (CC)/(B#)
#21 - O caso Girassol (CC/B/B#)
#22 - Tintim no país do ouro negro (CC/B/B#)
#23 - O loto azul (CC/B/B#)
#24 - A orelha quebrada (B/B#)
#25 - O caranguejo das tenazes de ouro (B/B#)

(B) - capa mole; (CT) - Cartonado com lombada de tecido; (CC) - Cartonado com lombada de cartão; (B#) - capa mole numerado